[google6450332ca0b2b225.html

domingo, setembro 25, 2011

Pedra Imortal

As pedras
romperam
o silêncio.

Radioactivo
o movimento
radioactiva-se
de amor.

Hoje
o pó
espargiu-se em ternuras.

Somos alma.


Calane da Silva

1 comentário:

  1. Perfeito!
    Abraço cara cidadã portuguesa, tão crítica e sensível!

    ResponderEliminar